EAD - Ensino à Distância Ágape Guia Profética 2018 Acesse a Loja do Expressão que Adora Culto Online 27/05/2018 Células Ágape - Horarios e endereços

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

O maior desejo do coração de Deus


No inicio Deus criou todas as coisas, e fez o homem, para relacionar-se com Ele, todos os dias na viração do dia Deus se relacionava com o homem, no jardim do Éden (Gn:3.8). Mas com o pecado de Adão, o homem foi expulso do jardim, e não podia mais estar na presença do Deus, no lugar de comunhão com Ele.
Quando Deus criou o homem à Sua imagem e semelhança, ele sabia que seria satisfeito ao ter uma noiva, então criou a mulher. Deus sabia disso, pois fazia parte do seu próprio coração ter uma noiva. Deus já sabia que o homem pecaria, pois ele é Onisciente, mas ao expulsar o homem do jardim do Éden, da sua presença, Deus conheceu a saudade, sentiu falta de relacionar-se com o homem. E então concedeu o plano de salvação para a reconciliação do homem com Deus, e entregou o seu Filho unigênito, pois ansiava que o homem voltasse a ter livre acesso a Ele.

No início, Deus criou todas as coisas, pois queria ter comunhão e relacionamento com o homem. Mas com o pecado, Deus precisou enviar o seu Filho, para nos reconciliar com Ele. “Mas agora, em Cristo Jesus, vós que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegaste perto. Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e , derribando a parede de separação que estava no meio, na sua carne, desfez a inimizada, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz, e pela cruz, reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades.” Ef 2.13-16. 

No texto de Ef. 2.15b “para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz”, nos deixa claro que Deus queria ser um conosco, mas como podemos ser um com Ele? Não basta apenas nos relacionarmos e sermos noiva, mas sim temos que casar com o Noivo, nos aprofundar no relacionamento com Ele, ir mais afundo...
Só quando nos casamos nos tornamos um com Ele, conforme a palavra de Mc 10.8 “E serão os dois uma só carne e, assim, já não serão dois, mas uma só carne.” Esta palavra fala do relacionamento do homem e mulher ao casarem, é exatamente isso que Deus quer de nós, um relacionamento completo, de entrega mútua, pois Ele primeiro se entregou por nós, agora é nossa vez de nos entregarmos e vivermos verdadeiramente a adoração que ele espera de nós, dar à Ele a expressão de nosso amor, ter comunhão íntima com Ele.

O plano inicial, em Gn 2.8-10 diz que Deus criou um jardim no Éden, a árvore da vida, um rio. O plano final, esta descrito em Ap. 21.1-4, é a nova Jerusalém, um lugar onde o homem habitará com Deus pela eternidade, Ap 22.1-2 haverá um rio puro da água da vida, e a árvore da vida, e não haverá mais separação entre o homem e Deus, lugar de habitação eterna, onde o noivo e a noiva viverão em plenitude no jardim. 
O coração de Deus se resume em estar conosco, ao decorrer da bíblia vemos o Senhor levantando homens, profetas, juízes e reis, para trazer o povo de volta para o Senhor. No fim dos tempos, acontecerá o que era para ter acontecido desde o início, o maior desejo de Deus é habitar conosco, ele nos ama de forma que aniquilou seu coração paterno para nos ter de volta, e relacionar-se conosco. Esse relacionamento que Deus quer é de comunhão íntima, como o noivo e a noiva, isso é a verdadeira adoração, a maneira que correspondemos a esse relacionamento, expressa o nosso amor pelo noivo. Deus não quer mais apenas visitar a noiva, mas sim casar-se com ela, e nós como noiva de Cristo estamos adornadas e prontas para responder ao seu pedido?

Abraço!
Danielle Dantas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário