EAD - Ensino à Distância Ágape Guia Profética 2018 Acesse a Loja do Expressão que Adora Culto Online 27/05/2018 Células Ágape - Horarios e endereços

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Para que o inimigo fuja, basta resistir?



"Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós".

Tiago 4.7.

Este texto é muito usado para ensinar que temos que resistir ao diabo para ele fugir de nós. No intuito de serem mais enfáticos dizem que devemos tomar a espada do Espírito (Efésios 6.17) como arma de ataque ao diabo. Isto estimula a confiarmos a capacidade para a luta em nossas próprias forças, mas isto também não passa de uma tentação. O texto acima nos ensina qual deve ser o nosso procedimento quando somos tentados pelo diabo: "Sujeita-vos, pois, a Deus".


Não é resistir ao diabo, mas sujeitarmos a Deus. A própria sujeição a Deus já é resistência ao diabo. O testemunho claro desse ensino está na Pessoa de Jesus. Quando Ele foi levado ao deserto para ser tentado pelo diabo, em todas as ocasiões Ele se sujeitou a Deus primeiro, e com a sujeição veio automaticamente a resistência àquela tentação: "E disse-lhe o diabo: Se tu és o Filho de Deus, dize a esta pedra que se transforme em pão. E Jesus lhe respondeu, dizendo: Está escrito que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus. E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória; porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero. Portanto, se tu me adorares, tudo será teu. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Vai-te para trás de mim, Satanás; porque está escrito: Adorarás o Senhor teu Deus, e só a ele servirás. Levou-o também a Jerusalém, e pô-lo sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Mandará aos seus anjos, acerca de ti, que te guardem, e que te sustenham nas mãos, Para que nunca tropeces com o teu pé em alguma pedra. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Dito está: Não tentarás ao Senhor teu Deus. E, acabando o diabo toda a tentação, ausentou-se dele por algum tempo" Lucas 4.3-13.

Toda tentação é humana; toda ela é para o nível da carne e da alma do homem: "Não veio sobre vós tentação, senão humana..." I Coríntios 10.13. O diabo, nosso adversário, cogita nas suas tentações das coisas que são dos homens, e não das que são de Deus: "Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens" Mt 16.23.

A tentação é uma proposta para o nosso EU, para a nossa carne e para a nossa alma. Como então resistir às tentações? Sujeitando-nos a Deus: "Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte; lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós. Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo" I Ped 5.6-9.

Se quisermos resistir ao diabo ele jamais fugirá de nós. Ele estará sempre disposto a nos persuadir novamente com as suas tentações. Mas se nos sujeitarmos a Deus, ele fugirá de nós até achar novamente ocasião oportuna.

Se a mulher no Éden tivesse se sujeitado a Deus e não tentado convencer o diabo, ele teria fugido dela e esperado uma outra oportunidade: "E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais. Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal. E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela" Gênesis 3.2-6.

É fato que enquanto estivermos neste corpo mortal, neste mundo que jaz no maligno, seremos tentados. Todo momento em que estamos em fraqueza, em necessidades, em aflições e em tribulações são oportunas para o diabo, mas em todas elas temos a promessa do nosso Pai para nos sujeitarmos; temos o Senhor Jesus em nós para nos fortalecer: "No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo" Efésios 6.10-11.

O Senhor Jesus em nós é o nosso socorro bem presente. Ele em tudo foi tentado a nossa semelhança e agora pode nos socorrer com a Sua fé: "Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim" Gálatas 2.20.

Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós: "...porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo" I João 4.4. Amém.


Um comentário: